Contenção, Fixos

DICAS IMPORTANTES SOBRE CONTENÇÃO

wearing-retainer-after-bracesAssim que o aparelho fixo é removido, o paciente entra numa fase conhecida como “contenção”. Este período do tratamento é muito crítico, pois fixa os dentes na nova posição através dos aparelhos móveis. É nesta fase que nos certificamos de que a maior parte das correções que conseguimos durante o tratamento permanecerão para o resto da vida. O uso dos aparelhos de contenção é a fase mais negligenciada pelos pacientes e a menos explicada pelos ortodontistas.

Para entendermos melhor como funciona a contenção, precisamos saber como funciona a movimentação do dente.

O dente é uma estrutura composta da coroa (a parte branca que se vê),  da raiz que fica inserida dentro do osso e dos ligamentos, que prendem o dente ao osso.

DENTE

ESTRUTURA DO  DENTE

Os ligamentos e o osso são responsáveis por responder a todos os estímulos que são aplicados ao dente, como por exemplo a força exercida pelo aparelho. Quando o aparelho “aperta”, na verdade está “empurrando” o dente contra o osso para uma nova posição. O osso e os ligamentos então encarregam-se de remover o osso da região para onde queremos que o dente vá.  Veja as figuras:
tooth movement

Da mesma forma que os dentes podem ser levados para a posição perfeita pelo tratamento ortodôntico, podem também mover-se para uma posição desfavorável. Isto é especialmente crítico quando removemos o aparelho fixo, pois o osso que sustenta os dentes ainda está “mole” por ter sido muito estimulado durante o tratamento.  Além disso, o dente tem uma “memória” da sua antiga posição (guardada nos ligamentos) e se o osso não possui resistência suficiente, fica mais fácil a volta.

Para evitar ou ao menos minimizar que ocorra a recidiva (nome dado a esta volta dos dentes a antiga posição) é necessário “engessar” temporariamente os dentes na posição que queremos. Desta forma, o aparelho de contenção customizado (fixo ou removível), é parte vital do seu tratamento, que só estará completamente finalizado após a alta da contenção.

A ruga da boca

adultos

Ao longo dos anos também ocorrem alterações adaptativas no posicionamento dos dentes decorrentes do amadurecimento da face e do próprio uso dos dentes Estas mudanças independem do fato de se ter ou não usado aparelho fixo e são totalmente fisiológicas. Costumamos chamar estas alterações de ‘a ruga da boca’. O local onde esta mudança é mais freqüente e perceptível é na arcada inferior, nos dentes da frente. Por esta razão recomendamos, principalmente para pacientes adultos, que a contenção na arcada inferior seja permanente.

O nosso programa de contenção:

Desenvolvemos um calendário, baseado em resultados científicos, para um acompanhamento mais cuidadoso do posicionamento dos dentes pelos primeiros dois anos após a remoção do aparelho fixo.

As visitas são programadas com intervalos de 3, 6, 12 e 24 meses,  e salvo raras exceções, após dois anos de contenção o paciente recebe alta definitiva. Nestas consultas iremos  avaliar a posição dos dentes, o estado dos aparelhos e o desenvolvimento dos dentes do siso (em adolescentes). Por isto, é necessário trazer os aparelhos em todas as consultas, e dependendo do caso, as radiografias que iremos requisitar.  

Fique tranquilo, pois mantemos um controle de cada caso, e sempre avisaremos quando for o tempo certo de voltar.

2013-04-30 21.26.48

 

 

 

 

 

 

Contenção, Fixos

TIPOS DE CONTENÇÃO

 

tipos de contenção

tipos de contenção

A contenção mais comum para a arcada superior é um fio metálico que passa em na frente dos dentes unido a um acrílico que cobre o céu da boca. Também pode ser utilizado um alinhador de acrílico customizado exatamente de acordo com o formato dos seus dentes. Normalmente, no começo é necessário utilizar a contenção 24 hs por dia, exceto para a alimentação e higienização. Ao longo do tempo, este período diminui até que seja utilizado somente à noite.

Em alguns casos, o uso contínuo da contenção pode ser necessária por um período muito longo ou até indefinidamente. Isto é o que geralmente ocorre na arcada inferior. Nestas situações, a alternativa mais comum para facilitar o uso, é que seja colado um fio fino atrás dos dentes da frente. Desta forma, a contenção não aparece e você não tem que se preocupar em ficar removendo ou perdendo.

 Limpando a contenção

Quando a contenção é utilizada por longos períodos, placa e bactérias podem se acumular no aparelho. Por isto, é importante higienizá-la pelo menos três vezes ao dia, após as refeições.

higienização do aparelho

higienização do aparelho

É muito fácil manter sua contenção limpa: basta uma escova de dentes ultra macia e um pouco de sabão antibacteriano ou detergente. Aninhe a contenção na sua mão sob água corrente e pingue algumas gotas de detergente. Use a escova para limpar todas as superícies da contenção e depois enxágue abundantemente para remover todo o sabão. Após a limpeza, se não for utilizar, coloque na caixinha.

what not to do with your retainer

Lembre-se de não utilizar água quente, alvejante, ou pasta dental, pois podem distorcer ou arranhar a sua superfície (a pasta de dentes pode conter abrasivos), criando locais de acúmulo de bactérias.

enxaguatório

enxaguatório

Uma vez por semana, recomendamos a remoção de resíduos mais resistentes. Para isto, mergulhe a contenção num copo com uma pastilha efervescente tipo “Corega”. Deixe a efervescência terminar, lave bem em água corrente e guarde na sua caixinha. Para as contenções de acrílico com fio, também é possível deixá-la numa solução de água com enxaguatório bucal incolor nos períodos de não uso, para remover o mau-cheiro e gosto.

Cuidados

A contenção deve estar em dois lugares: na boca ou na caixinha.

brush-retainers-to-keep-them-clean1

  • – Não embrulhe em papel no restaurante pois pode ir para o lixo.
  • – Não deixe próximo de animais domésticos, pois eles sentem o cheiro do dono e comem a       contenção!!!
  • – Não deixe em locais quentes como dentro do carro, pois distorcem.
  • – Não mexa no fio da contenção, pois ele pode executar movimentos indesejáveis nos dentes.
  • – Não coma usando a contenção!! Leve sua caixinha sempre com você.

Untitled

 

 

Fixos

Aparelhos fixos metálicos e estéticos

Fixos

“Do lado esquerdo, o aparelho tradicional com as borrachinhas. Do lado direito da foto, o Sistema Damon.”

O aparelho fixo é utilizado na dentição permanente para executar movimentos de alta complexidade em todas as direções que se fizerem necessários.

Atualmente adotamos o Sistema Autoligável Passivo (Sistema Damon), onde o fio é preso ao aparelho por um sistema de travas, substituindo as antigas “borrachinhas”.

damon x conventional

Este sistema é caracterizado por uma tecnologia altamente sofisticada, e é o mais utilizado atualmente nos EUA. Entre suas vantagens destacam-se:

• proporcionar um tratamento mais confortável pela aplicação de forças super leves,
• diminuir o número de idas ao consultório (a cada 8 semanas ao invés das tradicionais 4),
• reduzir a necessidade de extrações,
• facilitar a higienização,
• respeitar os limites biológicos de cada organismo, inclusive em pacientes com perda óssea e retração da gengiva.